Energy Report de Junho está disponível

Publicação – 05.07.2022

Neste editorial, mostramos os benefícios dos satélites que, com o uso de diversos sensores, podem ajudar a entender como a água é utilizada nas bacias hidrográficas. Estas análises fazem parte de um projeto de P&D que buscou avaliar o impacto dos usos consuntivos d’água sobre o funcionamento do MRE.

Na seção regulatória comentamos sobre (i) as diretrizes para valoração dos custos e benefícios da MMGD, (ii) o aprimoramento da regulação relacionada às TUST e TUSDg, além de outros temas relevantes no mês.

Na seção jurídica (extra desta edição), os convidados Alexandre Leite e Henrique de Mattia da Cescon Barrieu trazem um artigo discutindo a possibilidade dos contratos de compra e venda de energia no Brasil indexados em dólar.

Na seção de recursos hídricos e meio ambiente comentamos as iniciativas que visam promover benefícios ambientais e econômicos dos rios e aqueles relacionados à produção e armazenamento de energia hidrelétrica.

A seção internacional deste mês analisa novamente a crise que, desde o segundo semestre de 2021, traz riscos para o suprimento energético de diversos países, e o que podemos esperar daqui para frente.

Com a atual escassez de grãos resultante da invasão da Ucrânia, na seção de inovação comentamos sobre o uso de energia na produção de alimentos, e, em especial, a relação entre eletricidade, nitrogênio e fotossíntese.

Esta edição também apresenta o balanço atualizado de demanda e oferta estrutural de energia para os próximos anos, incluindo nosso tradicional atrasômetro.

Para mais informações, acesse Energy Report.