Energy Report de Julho está disponível

Publicação – 02.08.2022

Neste editorial, discutimos sobre o que o Brasil pode aprender com a crise europeia; o que a Europa pode aprender com as experiências prévias do Brasil; e refletimos sobre as condições que se deve buscar para implementar novas reformas setoriais.

Na seção regulatória comentamos sobre a Consulta Pública que discute a abertura do mercado livre, além de outros temas relevantes que tiveram movimentação no mês.

Na seção de recursos hídricos analisamos a proposta de licenciamento acelerado dos grupos de trabalho do Uncommon Dialogue on Hydropower, River Restoration, and Public Safety, prevista em dois casos com baixo impacto ambiental: barragens não motorizadas e usinas reversíveis.

Na estreia da nova seção de ESG, comentamos sobre alternativas sustentáveis para produção de vapor.

Na seção internacional deste mês discutimos a reforma do mercado elétrico planejada pelo Reino Unido, apontada por autoridades locais como “a maior em uma geração”.

Na seção de inovação apresentamos alguns projetos inovadores de hidrogênio verde e amônia verde e discutimos o aumento do interesse pelo uso da tecnologia de Birkeland na última década.

Esta edição também apresenta o balanço atualizado de demanda e oferta estrutural de energia para os próximos anos, incluindo nosso tradicional atrasômetro.

Para mais informações, acesse Energy Report.